Geral de Fevereiro

Mais de um mês depois, estamos de volta a programação normal.

Mas Laura, o que aconteceu nesse último mês que você andou tão displicente com o blog? Preguiça, gente. Não vou mentir pra vocês.

A última coisa que eu queria ver chegando em casa ou de manhã quando eu acordava era um computador. Daí acabei deixando de lado por um mês, mas a preguiça não compensava porque eu tava sentindo que faltava uma coisinha alegre pra fazer meus dias mais felizinhos. Por isso, I’M BACK!

Vim aqui dar uma geral de coisas legais que rolaram nas últimas semanas.

Ganhei presentinhos fofos:

A Boutique D’Caroline mandou aqui pra casa um estoque de cadernos fofinhos, inclusive um planner que muito tava me fazendo falta. Fiquei apaixonada pelo estampadinho meio geométrico meio retrô meio lindão ❤

Eles vendem online bem aqui. E você também pode seguir no Instagram pra saber de todas as novidades.

A Berenice mandou um carregamento de brincos pra eu curtir meu Carnaval toda lacradora hahahaha eu AMO os brincos dela porque ele são enormes e não pesam NADA! Fizeram um mega sucesso pelos blocos e o pessoal do trabalho também amou.

Falando em presente, semana passada foi aniversário do Rio e eu não dei os devidos parabéns pra minha cidadezinha amada. Aqui vai uma breve homenagem com um apanhado dos minhas últimas fotos preferidas:

Outra coisa que tá rolando muito é sair pra comer hahaha aqui vão três registros de lugares que fui e amei. Ou já amava, mas ainda não tinha muitos registros por aqui:

  1. Le Vin, em Ipanema. Bistrozinho francês MUITO delícia. O pãozinho do Couvert é maravilhoso também. Comi esse Steak Tartare e recomendo muito! Só não recomendo comer ele e assistir O Regresso depois hahahaha Entendedores entenderão. Deu tudo certo, mas o filme não é dos mais agradáveis. Ele fica na R. Barão da Torre, 490.
  2. Meu já amado e queridíssimo Winehouse, em Botafogo. Já falei dele aqui. O lugar tem um preço ótimo (nível já nem sabia mais meu nome de tanto vinho e a conta foi super amiga hahaha), o clima é deli e a comida também. Adoro esse Di Dip’s que tá aí na foto. Fica na Rua Paulo Barreto, 25.
  3. Por último, pra curar a ressaquinha do restaurante acima, um almocinho no .Org. Um bistrô de comida orgânica muuuuuito bom! A feijoada é uma delícia, mas dessa vez pedi esses bolinhos de feijoada com um arroz maluco e saladinha. Sério, é uma delícia! Não deixa de pedir o matte com limão da casa, por favor. O endereço é Av. Olegário Maciel, 175. Loja G.

E pra fechar o apanhadão, a playlist de fevereiro. Que tá calminha, tá tranquila, tá favorável.

Ufa! Acho que foi isso. Tô perdoada pelo sumiço? Diz que sim ❤

Beijo!

Anúncios

Pra Que Lado… se Come: Rústico

Acho que vou assumir que esse blog aqui é de dicas do Rio de Janeiro, de forma geral. Apesar de, vez ou outra, eu postar sobre outros assuntos, acho que é falando dessa cidade que eu mais me empolgo.

Continuando minhas andanças por aí, no domingo passado fui com umas amigas almoçar em Santa Teresa. Pra quem não conhece o Rio, Santa fica num morro e dá pra chegar no bairro por algumas entradas. Eu acredito que a mais comum seja pela Glória (pelo menos é por onde eu costumo ir).

Chegando lá em cima você encontra vários barzinhos e restaurantes muito bons e um clima delicioso. Se bem que as ruas estão todas em obras e tá meio caótico, mas quando acabarem as obras, volta tudo ao normal. E com direito a esse bondinho ❤

A gente ia no Bar do Mineiro (a melhor feijoada do Rio), mas acabou que passamos pela porta do Cafecito e o lugar é tão fofo que nos puxou pra dentro. O Cafecito é um café, que serve sanduíches, bolinhos, caipirinhas. É muito legal.

IMG_1473

E no andar de cima, fica o Rústico, que foi onde ficamos.

IMG_1478 IMG_1477IMG_1476 IMG_1479

Os preços são meio salgadinhos, mas o clima é tão gostoso que, de vez quando, vale o investimento. De entrada pedimos um queijo Brie, que vinha com uma geléia de alguma coisa e uns pãezinhos. Essa entrada vale muito a pena, porque é uma delícia e foi uns R$28,00. Por esse preço não dá pra comprar nem o queijo em um supermercado. E, de prato principal, pedi uma tilápia com um arroz cheio de coisas.

IMG_1474 IMG_1475

Foi um programinha muito bom pra fechar o fim de semana. Ainda mais com amigas tão amadas and queridas. Essas aqui:

Processed with Rookie

E vocês? Já foram em algum barzinho ou restaurante em Santa e amaram? Conta aqui!

Beijoss

Pra Que Lado… se Come: Escola do Pão

Alerta post perigoso para pessoas com fome ou que tenham uma forte queda por pães e afins.

Tá certo que cariocas não gostam de dias nublados, mas de vez em quando é tão bom. Acordar e olhar pela janela que você não precisa ter pressa pra pegar o sol. Fazer tudo devagar, abrir um olho de cada vez, levantar aos poucos… Não sei vocês, mas pra mim, a preguiça da manhã é um dos maiores prazeres da vida. Sou capaz de acordar mais cedo do que preciso só pra ter um tempinho pra não fazer nada.

E outra coisa que super combina com dias nublados é um café da manhã bemmm delicioso. Eu e uma amiga resolvemos enfiar os dois pés na jaca com classe e fomos conhecer o café da manhã da Escola do Pão, ali no Jardim Botânico.

Fica numa casinha bem fofa, com uma decoração meio rústica, acolhedora, quentinha, amorosa… sabe?

Processed with VSCOcam with c1 presetProcessed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with c1 preset  Processed with VSCOcam with c1 preset

O café da manhã lá custa 79 reais. Pode parecer caro pra um simples café da manhã, mas gente, é praticamente um rodízio de pães, bolos, sanduichinhos deliciosos, sucos, iogurtes, geléias. De não aguentar comer mais nada, mas também não conseguir parar de comer de tão incrível que é tudo.

Processed with Rookie Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with f2 preset

O garçom não levou fé no preju que a gente ia dar pro lugar e veio perguntar se a gente já queria ir pro doce e a gente “nãooo, pode trazer mais um sanduichinho daquele de queijo brie, por favor? Ah, mais uma cestinha de pães também! Brigaaadabjo” hahahaha

De terça a sábado a Escola do Pão funciona como um bistrô e aos fins de semana e feriados eles servem o café da manhã.

Fica na Rua General Garzon, 10, Lagoa.

Depois é só dar umas três voltinhas na Lagoa e tá tudo tranks 😉

Pra Que Lado… tem rolézinho: Apanhado do Finde

Olá!

Desde que comecei a me dedicar mais a fotografia e a esse blog não consigo ficar parada no fim de semana (já não conseguia, agora ficou pior, ops).

Esse finde aqui pelo Rio tava meio nublado, meio esquisito e, como vocês sabem, cariocas não gostam de dias nublados. Apesar disso, eu tava super combinando com esse clima porque estava mega preguiçosa (até montei essa playlist pra embalar a preguiça).

Muita gente acha que não tem muito o que fazer no Rio nesses dias, mas quando chove de leve/fecha o tempo, sempre me bate uma vontade instantânea de ir pra alguns lugares. Esse finde fui em dois deles: Santa Teresa e CADEG.

Na verdade, Santa Teresa foi o almoço de sexta com amigos da antiga agência no Bar do Mineiro, que é um dos meus preferidos no bairro (na verdade, eu gosto de quase tudo por lá). O pastelzinho de feijoada, o bolinho de feijoada, a própria feijoada… Tudo é uma delícia e é muito bom ir pra lá sem pressa pra sair.

Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with c1 preset

No sábado, depois de curtir toda uma manhã assistindo séries na Warner (não canso de Friends, Big Bang Theory e Two and a Half Men), fomos almoçar na CADEG. Mas ATENÇÃO! Está rolando um festival gastronômico lá até o dia 22/11 e estava lo-ta-do. Recomendo esperar esse momento passar e ir lá com calma. Papo de fila pra entrar no estacionamento, fila pra sentar no restaurante, muita gente, enfim, meio cansativo.

Lá tem muitas opções de restaurantes. Sinto que o carro chefe da maioria é o Bacalhau, mas a gente sempre acaba comendo picanha, arroz, farofa, batata frita. Aquela coisa bem light, bem verão hahaha

Além disso, lá também é um mercadão, então é ótimo pra comprar frutas, queijos, vinhos, cervejas, comidas em geral, flores e… caixotes de feira ❤

Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with f2 preset

Preciso me tornar mais jornalística e tirar mais fotos. Da comida, da porta dos lugares, mas eu sempre esqueço. Juro que vou melhorar isso 😉

Também estava rolando uma feira de Foodtrucks no Planetário da Gávea, a Feira Planetária. Parece que na primeira edição dela rolaram alguns problemas, mas pelo que percebi, tudo foi solucionado. Estava super bem organizada e dava vontade de comer tudo.

Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with t1 preset Processed with VSCOcam with c1 preset

Esse fim de semana ela atravessa a ponte e vai lá pra Niterói, no Teatro Popular Oscar Niemeyer. Tem mais infos aqui. Super recomendo o programa.

Adoro essa agitação de fim de semana e, segundo a minha mãe, eu fico até meio triste quando chega o domingo e eu vejo que não fiz nada hahaha

E vocês, o que gostam de fazer quando está nublado?

Beijos,

Pra Que Lado… tem rolézinho: Morro da Conceição

Estudei a vida inteira no centro do Rio. Primeiro no colégio, depois na faculdade. E se tem algo que sempre senti, foi uma relação de amor e ódio com esse lugar.

Pra chegar sempre tem um trânsitozinho. Pra atravessar a rua é uma selva de gente se esbarrando. Andar na calçada é uma gincana: desvia de gente, desvia do pivete, desvia da gota de ar condicionado, pula o buraco e por aí vai. São fortes emoções.

Pra completar a trajetória da vida nesse lugar, há quase 10 meses trabalho por aqui. Enfrento essa gincana aí de cima diariamente.

Mas aí, uma coisa começou a me encantar, fazer meus olhos brilharem e botar a lente do celular pra funcionar. A arquitetura daqui. Tem muito prédio sem graça, mas tem tantos sobradinhos lindos, com janelas coloridas, que acaba compensando.

Com o pessoal do trabalho, descobri o Morro da Conceição. Um pseudo Oásis no meio dessa selva de pedra e pessoas.

Já tirei tantas fotos por lá e todo mundo gosta tanto, que resolvi reunir as minhas preferidas nesse post.

 Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with t1 preset Processed with VSCOcam with g3 preset Processed with VSCOcam with t1 presetProcessed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with m5 preset Processed with VSCOcam with f2 presetProcessed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with c1 preset

Se você não trabalha pelo centro da cidade, mas quer conhecer esse lugar, te recomendo dois momentos pra um sábado: um almoço no Angu do Gomes (R. Sacadura Cabral, 75) e um passeio pelo MAR – Museu de Arte do Rio.

Processed with VSCOcam with m5 preset

Vale a visita!

Pra Que Lado.. se come: La Bicyclette

Entrei numa há algumas semanas de sair por aí fotografando casinhas, portas e janelas (se você me segue no Instagram deve ter percebido). Por isso, queria muito dar um pulo no Horto nesse fim de semana. Pra quem não é do Rio ou não conhece, o Horto fica no Jardim Botânico, tem vários barzinhos e restaurantes e tem um ar super bucólico e aconchegante. Além de ter as casinhas mais fofas da cidade. 

Acordamos no domingo e fomos tomar café da manhã no La Bicyclette do Horto (também tem um dentro do Jardim Botânico). Lá é uma delícia. Sentamos na parte de dentro e eu não conseguia parar de olhar pra cozinha, onde os pães estavam sendo feitos na hora. 

Pedimos um café da manhã que vinha com uma cesta de pães, manteiga, geléia, frutas, um suco e uma bebida quente. Infelizmente, estávamos morrendo de fome e só lembrei de tirar foto quando já estava tudo pela metade hahaha 

Processed with VSCOcam with f2 presetProcessed with VSCOcam with f2 preset

Ainda trouxe um pãozinho de azeitonas com alecrim pra casa. Esse pão foi R$8 e o café da manhã, R$32. Achei o tamanho bom pra duas pessoas. 

O La Byciclette fica na Pacheco Leão, 320. Um pedacinho da França no Rio ❤

Acabando os trabalhos por lá, demos uma voltinha pelas ruas do Horto pra tirar foto das casinhas.

Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with g3 preset Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with t1 preset

Pra começar o domingo leve.

Beijos 

Pra Que Lado… se come: Bar Imaculada

Trabalho numa região do centro da cidade do Rio que, a meu ver, é o lugar mais selva de pedra da cidade. Não bastasse a muvucada diária, a gincana pra atravessar as ruas, os desvios intensos das gotas de ar condicionado que não param de pingar, o calor acima da média da cidade, o lugar ainda tem prédios gigantes. Dá um certo nervoso. Eu assumidamente não curto muito aquela região. Mas claro, nem tudo está 100% perdido. Hoje, sexta-feira de uma semana bastante movimentada, pedia um almoço minimamente feliz. Só pro sorrisinho aparecer no rosto, sem timidez, e dar as boas vindas ao fim de semana. A região em questão é aquela ali perto da Praça Mauá e ela conta com dois Oásis: o museu MAR e o Morro da Conceição. Sobre o MAR falo em outro post. Hoje foi dia de ir pro Morro: Processed with VSCOcam with m5 preset  

No meio de um beco cheio de camelôs pra lá de caótico tem uma escadinha que te leva pra essa rua, que soa quase como um abraço. Dá vontade de ficar ali pra sempre e não sair. Processed with VSCOcam with t1 preset IMG_1649  

Logo no início fica o Bar Imaculada, nosso escolhido do dia. Processed with VSCOcam with m5 preset  

O cardápio não é dos mais variados. De segunda a sexta tem uma espécie de cardápio executivo, com umas quatro opções para cada dia da semana. Hoje foi dia de feijoada. E, para entrada, pedimos o bolinho Bola 7, que é um bolinho de arroz com feijoada (#feijãorules). Eu gostei mais do bolinho do que da feijoada, que não achei a mais maravilhosa do Rio. Mas valeu a pena, claro. Pedimos uma feijoada para duas pessoas e dividimos por três e deu a conta certinha. Com o bolinho e bebidas (nenhuma com álcool), deu R$36,00 pra cada. No site tem uma agenda com eventos que acontecem lá. Uns sambinhas, saraus, chorinhos. Deve ser bem legal também. http://www.barimaculada.com.br/