Pra Que Lado… tem Papo Bom: Gui Poulain

Nessa de fazer um blog e ter uma dedicação ao Instagram, conheci virtualmente algumas pessoas a quem eu me apeguei. Daquelas que eu curto todas as fotos, gosto de acompanhar os projetos e por aí vai. Comecei essa coluna com a Natália Viana, há alguns posts atrás e, dessa vez, chamei o Gui Poulain pra conversar um pouquinho.
O Gui é chefe de cozinha, ilustrador, escreve lindamente, desenha que é uma beleza e tira umas fotos tão tão tãooo lindas que não tem como não gostar dele, mesmo sem conhecer pessoalmente hahaha
Laura: Pra começar queria que você dissesse um pouquinho tudo que você tem feito ultimamente. Eu acho que já me perdi nos seus projetos. Tem o blog, o livro, o Chefe e a Chata. Que mais?
Gui: A base de todo o meu trabalho hoje em dia vem do blog Moldando Afeto. A partir dele vem todos os meus projetos: em 2015 lancei meu primeiro livro, o Cartas Amarelas, que conta as histórias do que vivi estudando confeitaria em um ano em Paris. Adicionei muitas receitas e ilustrações, bem ao estilo do blog. O Chef e a Chata é meu programa no youtube junto da Chata de Galocha, onde eu ensino receitas pra ela e por consequência pra quem nos assiste. Nesse fim de ano estou lançando alguns novos produtos: pratos de porcelana com ilustrações minhas e um caderno de receitas com dicas de cozinha.
Laura: Como foi o início do blog? Qual foi o empurrão pra te fazer criar esse espaço virtual? Ele mudou a sua vida de alguma forma (o meu mudou muito a minha)?
Gui: Em 2010 eu fazia massas frescas pra vender, por encomenda. Queria ter um espaço pra compartilhar receitas e de alguma forma divulgar meus produtos. Minha empresa se chamava Masseria e o slogan que criei era Moldando Porções de Afeto. O blog inicialmente se chamava assim, o slogan das minhas massas. Com o tempo resolvi encurtar o título para Moldando Afeto e quando parei de fazer massas frescas pra poder ir morar em Paris resolvi continuar com o blog. Ele mudou sim minha vida. Nos primeiros dois anos praticamente só meus amigos e família o liam, mas depois disso ele começou a crescer e virou o centro dos meus negócios. Eu não ganho dinheiro diretamente com ele, mas com tudo o que ele me traz. Se eu quero fazer bolos pra vender anuncio por lá, se eu lanço livro é quem me lê no blog que acaba comprando e por aí vai. Eu acho que nunca estaria lançando produtos feitos por mim sem ter esse público querido que vem dele. Além disso, o carinho que eu recebo de volta é muito gostoso.
Laura: Você tira as fotos que você posta lá no Instagram com o celular mesmo ou com uma câmera especial?
Gui: A maioria delas são fotografadas com o celular mesmo (iPhone 5C), no meu dia a dia. As fotos do que eu cozinho são feitas com uma Canon 600D, são fotos que faço pro meu blog e acabo publicando no instagram. As fotos de O Chef e a Chata são feitas por um fotógrafo de verdade (haha!), o Léo Horta, mas considero um pouquinho minhas por ter feito a comida e por fazer todo o styling necessário pra que a foto fique bonita. 🙂
12142273_629764080460310_311106794_n
Laura: Além das aquarelas, de cozinhar, de viajar, tem alguma coisinha simples da vida que te deixa todo feliz de fazer/ver/ouvir?
Gui: Adoro escrever cartas à mão e enviar para meus amigos que moram longe. Fico super feliz quando tenho respostas delas de volta e a coisa vai virando uma conversa, mesmo que seja uma conversa lenta. É um prazer que gosto de cultivar e adoro ter uma caixa com essas histórias guardadas pra vez ou outra reler.
Laura: Já que você morou em Paris um tempinho, deixa aqui três dicas de lugares incríveis, imperdíveis e que pouca gente sabe?
Gui: Um dos meus lugares preferidos em Paris é o Canal Saint Martin. Na primavera e verão é onde os parisienses vão pra ficar na beirada do canal tomando um rosé e batendo papo na happy hour, já que faz um tempo gostoso e o sol se põe por volta de 22h nessa época. Lá em volta tem vários cafés que eu gosto e um dos meus lugares preferidos pra café da manhã ou almoço em Paris: o Holybelly, um lugar mais moderninho, super charmoso e com comida ótima a preços honestos. Na beira desse canal também tem uma das minhas livrarias preferidas, a Artazart. É de livros de design, cinema, gastronomia, fotografia, tatuagens, tudo o que diz respeito à arte. Ela é grande e tem várias coisinhas legais e interessantes além dos livros. Um museu que quase ninguém vai mas que adoro é o Musée de la Chasse et de la Nature (Museu da Caça e da Natureza), no Marais. Sei que é uma escolha que alguns vão achar estranha e torcer o nariz, já que existem muitos animais empalhados por lá, mas é tudo de uma época antiga de caça. O museu em si que é fofo, cheio de papéis de parede de padrões lindos, armas antigas de nobres que mais parecem jóias e histórias interessantes. Me faz sentir dentro de um filme do Wes Anderson.

Gui, seu fofo, muito obrigada por participar ❤

E se você ainda não conhecia ele, corre aqui no blog e no Instagram dele.

Anúncios

Pra Que Lado… tem Papo Bom: Natália Viana

Essa semana tava rolando meu feed do Instagram quando dei de cara com uma foto linda. Uma montagem que misturava flores e prédios de um jeito super diferente.

12142692_866339746775517_403271608_n

Já seguia a @nataliaaaviana há um tempinho, mas ainda não tinha reparado nessa linha dela. Ai na hora me deu uma ideia de começar mais uma série de posts com uma mini entrevista com Instagrammers que eu sou fã. Fui na hora falar com ela e ela topou estrear essa editoria comigo ❤

11809860_748251278636266_455920977_n 11809748_448563918650003_1952860339_n

Laura: Fala um pouquinho de você. O que você tem feito da vida além de tirar as fotos com flores mais lindas do mundo?

Natália: Eu sou a Natália, nasci e cresci em Belém do Pará, me formei em Moda com pós graduação em Gestão Empresarial. Trabalhei durante 6 anos no meu próprio negócio: uma marca de roupas chamada Quiquiriqui. Sou uma empreendedora criativa. Mas em 2014 decidi parar com a loja e mudar para São Paulo, estou há um ano por aqui. Voltei a estudar a área que escolhi como profissão, estou me (re)descobrindo e descobrindo uma nova vida. Agora criando com uma câmera na mão, acompanhada de flores, uma xícara de café e saudade boa.

LH: Como foi o começo da sua história com o Instagram? E como chegou na ideia das flores, xícaras de café?
NV: Comecei a usar o Instagram em 2011, e naquela época não me importava muito com a qualidade das fotos que postava nele porque era viciada no Flickr, e lá me dedicava. haha Demorou um bom tempo para que pudesse perceber o grande potencial desta rede social que hoje não vivo sem! Comecei a fotografar com 15 anos de idade (hoje estou com 28 anos), e isso vem muito antes de pensar em estudar Moda. A fotografia é minha válvula de escape.
Cresci a base de café hahaha meus pais gostam muito, e de flores também, então é algo que sempre esteve presente na minha vida. E logo no começo do meu “Insta” compartilhava fotos do café da manhã, mas a intenção era mais para mostrar minhas canecas (amo canecas!) haha e no Flickr publicava muitas fotos de flores e natureza. Só um pouco antes de vir pra São Paulo foi que comecei a fotografar café com flores, e as flores que usava são de plantas que meu pai cuida. Na casa dos meus pais tem jardim e é lindo!! Mas foi chegando na cidade cinza onde só procuro enxergar o verde foi que comecei a fotografar todos os dias com essa proposta, porque veio a saudade, e é o que me inspira agora. Café me traz lembranças tão boas de momentos em família… para mim o cafezinho une as pessoas, e as flores nos trazem alegria, conforto em momentos bons ou mais tristes. Isso tudo junto é muito inspirador!
11918053_1015816718469352_735557868_n 11931073_1692786427633194_1517145036_n12080487_830533533731696_1838958227_n 12145296_904543616267002_299727023_n
LH: Com que câmera você costuma tirar as fotos que você posta por lá?
NV: Uso uma Nikon D40x, mas há um mês comecei a fotografar também com a Canon T5.
LH: Fiquei completamente apaixonada pelo #florindoprédios! Tem alguma história legal sobre essa ideia? De como ela surgiu, o que você estava fazendo quando pensou que seria legal estampar os prédios de SP com flores hahaha
NV: Que demais saber que você gostou! 😀 Então, comecei a florir prédios há 4 meses, quando fui conhecer a Galeria Metrópole, localizada no centro de São Paulo. Sem intenção de fazer disto um projeto, fotografei o prédio da galeria por motivos de ter gostado da perspectiva que vi, e como eu gosto muito de dupla exposição, na volta pra casa pensei que ele poderia ficar lindo com flores. Fiz o primeiro teste, publiquei no Instagram, os seguidores curtiram e resolvi florir mais prédios em SP. Minha inspiração para fazer isso foi sair de casa e olhar para o que está ao meu redor com mais carinho, interpretar do meu jeito o que tem feito parte do meu cotidiano. Para casos assim não existe fórmula pronta. : )
11371006_1467020753606046_1735371287_n
LH:  Deixa pra gente uma dica de programinha imperdível que não seja tão óbvio pra fazer em SP? Algum lugar que te faça bem de passear ou de comer ou só de admirar. Ou as três coisas, claro haha
NV: O Parque Buenos Aires é um lugar que me faz bem em SP, ele fica em Higienópolis, e é um espaço com muito verde, onde posso deitar na grama, fazer piquenique, caminhar e admirar os cachorrinhos. Vou quase todos os finais de semana por lá e amo ter um cantinho assim que não está longe de casa haha ah, outro lugar que indico e que fica no bairro que moro é o Atelier dos Bolos (em Santa Cecília), lá tem um cafezinho bão e um bolo de cenoura com chocolate que atualmente é meu favorito! haha

11375396_479362042245854_1028391240_n 1724862_413510985520275_2080492543_n

LH: Pra terminar, você consegue fazer um top 3 Instagrammers bem legais pra compartilhar com a gente?
NV: Só 3? haha  Ok, ok! Adoro o trabalho dessa galera @encolhiaspessoas @raafaelamelo e @carolemarques : )

11950440_1527106224247375_1442895532_n

Naty (me sentindo íntima haha), MUITO obrigada por ter topado ser a minha cobaia hahaha adorei!

Pra Que Lado… tem Portinha e Janela: 1.000 fotos!

Essa semana tava dando uma olhada nas hashtags lá no Instagram e vi que a #praqueladotemjanela passou de mil fotos!!! Gente, fiquei tão feliz ❤ Acho tão legal que vocês entraram na ideia comigo e fico pra morrer com tanta foto linda e maravilhosa rola por lá.

IMG_6741IMG_6740IMG_6754IMG_6755IMG_6745IMG_6756IMG_6748IMG_6749IMG_6742IMG_6736IMG_6737IMG_6739

Olha só que lindezas!

Mil vezes obrigada, pessoal ❤

Pra Que Lado… tem Inspiração: Top Instagrammers de agosto

Acho que não preciso começar nenhum post sobre o Instagram falando que sou completamente apaixonada por ele, né?

Eu admiro muito quem consegue transformar o grid em arte e hoje de manhã rolando meu feed fui vendo algumas marcas que usam linguagens muito legais, que vão muito além do mostrar o produto. Aí me veio a ideia de fazer um top instagrammers especial esse mês. São 8 marcas que eu sigo por lá e curto muito o estilo da composição das fotos (e, claro, babo nos produtos haha).

OH K!

Já falei da Oh K! aqui algumas vezes. Sou muito fã e babo muito no Instagram da marca.

IMG_5863

ALTLAW

AMEI as colagens que elas fizeram pra divulgar os primeiros produtos da loja online. Eu nem preciso dessas colherzinhas de medidas, mas a foto me deu muita vontade de ter hahaha.

IMG_5862

ORNA

São variações sobre praticamente o mesmo produto. Acho que dar regram numa foto e, ainda assim, o grid ficar uniforme é uma arte. Eu ainda to aprendendo a fazer isso 🙂

IMG_5861

Mercado Bossa

Adoro as fotos leves que elas fazem. Menos carão e mais sorrisão, pulos e cores.

IMG_5857

Escudero

A galeria parece que vive num outono meio nublado tão aconchegante. Combina muito com o couro das peças. Não sei explicar. Entra lá pra ver haha

IMG_5856

Frends

Os fones da marca entram no meio das composições e vira meio que uma caça ao fone nas fotos. Aí você encontra ele ali todo lindão e brilhante.

IMG_5854

Zerezes

O filtro amadeirado lembra na hora os óculos da marca. Também sinto uma vibe outono, só que o da Zerezes é ensolarado. hahaha

IMG_5853

Urban Outfitters

Terminando com chave de ouro. Minha loja preferida no mundo, também é a minha preferida no Instagram. E eu sei que eles são referência pra muitas outras marcas que constroem suas identidades na rede.

IMG_5852

Qual a sua marca preferida no Instagram? Conta aqui nos comentários!

Pra Que Lado… tem Inspiração: Top 4 Instagrammers de julho

Vamos começar a semana com um pouquinho de inspiração? VA-MOOOS! hahaha

@brasilmostratuacapa 

Esse perfil é muito genial e acho que não precisa nem de defesa. As montagens são muito perfeitas e a galera se esforça mesmo pra tirar as fotos. Também existe uma hashtag com o mesmo nome do perfil que até eu já me aventurei uma vez hahaha é muito divertido.

IMG_4895

@tatiruediger

Conheci o perfil da Tati porque ela usou as minhas hashtags e eu passava mal vendo as fotos dela. Cada paisagem mais linda que a outra.

IMG_4894

@lostquarterly

Fotos que vão fazer você querer jogar tudo pro alto, entrar num carro e encarar uma estrada pra qualquer lugar. E a ideia é que você faça tudo isso e compartilhe com eles e eles compartilham com todo mundo.

IMG_4893

@thebohemianmemoir

Muitas montagens e paisagens lindas.

IMG_4892

Descobriu algum perfil novo que vale o follow, compartilha aqui com a gente!

Beijos

Pra Que Lado… tem Portinha e Janela #23

As hashtags do blog continuam rolando lá no Instagram, mas eu não coloco os destaques aqui já tem um tempinho.

Reuni algumas fotos que foram postadas por lá nos últimos tempos e que marcaram #praqueladotemjanela e #praqueladotemportinha. Marca nas suas fotos também pra gente deixar a nossa galeria sempre linda e, quem sabe, você não aparece por aqui ou por lá? 😉

IMG_4276

@amandamormito, @talitachaves, @tatiruediger e @mafegodinho

E também teve a galera #esperandonajanelaportinha

IMG_4275

@clarahebron, @badulaquemais, @camispin, @bumello

Pra Que Lado… tem Inspiração: Top 4 Instagrammers de junho

Oi gente!

Acabei pulando o mês de maio, mas cá estamos com o top 4 Instagrams lindos do mês passado.

@zefelipeart é um outro perfil do @zefelipe onde ele coloca alguns trabalhos dele. Amei essas colagens no moleskine.

IMG_3667

@danidahf é uma ilustradora chilena que faz umas coisas lindas! E esse ursinho batendo tambor? Muito amor.

IMG_3668

@projetohava tem fotos que dão uma baita saudade do verão, mesmo quando você está amando o inverno.

IMG_3669

@thatsval e um minimalismo todo colorido e geométrico. Ela é de Hong Kong.

IMG_3670

Valem o follow, não valem?

Beijos