Pra Que Lado… tem Inspiração: Olha pro céu, meu amor

Aaah o verão! Que consigo traz o que? O calor. Que vem da onde? Lá de cima. E lá em cima tem o que? Aquele tapete azul. Que é o que? Fotogênico pra caramba.

Terminei e comecei o ano com uma nova mania que dar foco para o céu nas fotos. Aqui pelo Rio ele anda tão lindo e azul e quase sem nuvens que o danado sempre sai bem nas fotos. Na viagem que fiz pra Europa ano passado, peguei muitos dias fechados e chuvosos e é incrível como as fotos saem com bem menos graça.

Reuni aqui nesse post algumas das minhas fotos preferidas, postadas no Instagram ou não.

Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with Rookie Processed with VSCOcam with c1 presetProcessed with RookieProcessed with VSCOcam with c1 preset Processed with RookieProcessed with Rookie Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with f2 presetIMG_7005 Processed with RookieProcessed with VSCOcam with c1 preset

Todas as fotos foram tiradas com o Iphone 5 e editadas com o VSCOcam ou com o Rookie. Dois aplicativos muuuito legais e viciantes pra quem gosta de editar as fotos rapidinho no celular #ficadica

Beijos

Anúncios

Pra Que Lado… tem Música: Outras versões

Sabe aquele tipo de pessoa que cisma com uma música e ouve no repeat eterno até não conseguir mais ouvir sem ficar enjoada? hahahaha Então, sou uma dessas. Amo descobrir músicas e bandas novas e quando dou de cara com uma boa, já era. Não ouço mais nada por cerca de uma semana. Depois que passa esse período, crio um carinho pela música, mas não consigo mais ouvir hahaha aloka, até consigo, mas não muito.

Aí quando chego nesse estágio, gosto de procurar outras versões, que aí parece que tudo volta ao normal, como se eu tivesse conhecendo a música novamente. Pode ser um cover ou até uma versão acústica.

Aqui estão alguns dos covers mais legais que já ouvi por aí. Alguns são de músicas bem antigas, mas esses costumam ser meus preferidos (por causa do quesito carinho, que falei ali em cima hehe).

Acho que a versão de Of The Night do Bastille foi uma das minhas três músicas preferidas de 2014. Tava lá na retrospectiva, inclusive.

Espero que gostem da seleção. Se tiver mais alguma dica, diz aí!

Beijos

Pra Que Lado… tem Dica: Filmes no Netflix

Oi gente!! Como vai essa volta pra realidade pós-festas, hein? Acho que nem quando eu tava de férias viajando pela Europa desliguei tanto quanto na última semana. A volta para o trabalho foi um pouco sofrida no primeiro dia, mas agora estou voltando ao ritmo normal.

Além de ir a praia, na última semana redescobri o Netflix. Eu tenho a conta lá há um tempinho, mas sempre achei a forma de encontrar os filmes muito complicada. Pra mim, as recomendações nunca fazem sentido, então sempre desanimava em ficar catando um filme ou série pra ver.

Até que eu e minhas amigas começamos a nos recomendar filmes e parece que o brilho voltou. É muito mais fácil quando um amigo indica alguma coisa, né? Por isso, vou começar a indicar aqui alguns filmes que vi por lá e curti, começando por esses dois:

A Boa Mentira

Esse filme estava em destaque esses dias por lá e comecei a assistir despretensiosamente num dia depois do trabalho. E sério, é muito bom!  O trailer pode explicar um pouco melhor que eu:

What If

Bem diferente do filme acima. Leve, fofinho e romântico. Nunca fui fã de Harry Potter, mas até que o Daniel Radcliffe é legalzinho:

E se você tem alguma dica de filme legal que esteja por lá, deixa aí nos comentários 😉

Beijos

Cinco metas para 2015

2015 is here!

2015 is here!

Acho que esse Réveillon foi o primeiro em muitos anos que estabeleci algumas metas e pulei as sete ondinhas. Aliás, muito difícil esse negócio de fazer pedido pras ondas, eu devia ter me programado melhor. Fica a dica pra 2016: pensar nos pedidos antes de ir pra água hahaha

Aí esse ano resolvi estabelecer metas em diferentes níveis de dificuldade, começando com a primeira que, por mais simples que seja, é difícil pra caramba.

1. Ser maravilhosa

Na verdade, essa meta veio ontem, numa conversa de bar com amigas. Uma delas colocou na mesa que sua meta pra 2015 é simplesmente: ser maravilhosa.Achei digno e resolvi adotar pra mim também, afinal não tem meta mais produtiva e positiva do que simplesmente, se sentir bem com você mesma.

Pra dar esse levante na auto estima, vai ser um ano inteirinho cuidando de mim e fazendo tudo que me faz bem.

2. Fazer um curso de fotografia

Ano passado a fotografia entrou na minha vida aos poucos e, quando eu vi, já estava totalmente envolvida no negócio. Mas eu sou zero profissional, então um curso iria bem.

3. Dar ainda mais atenção ao blog

Criei esse blog no meio do ano passado como uma válvula de escape e funcionou tão, mas tão bem, que quero me dedicar ainda mais a ele esse ano. A começar com a mudança do layout (que tá gritando “mude-me”) e uma regularidade maior nas postagens.

4. Morar sozinha

Acho que essa é a meta mais difícil hahaha. Adoro morar com a minha mãe (beijo, mãe), mas já não caibo mais no meu quarto. Nem só pelas coisas que eu tenho e vivo tropeçando, mas pela vontade de querer ter meu próprio canto. O problema é que não é fácil sair de casa e não tá fácil pra ninguém alugar um apartamento aqui no Rio.

5. Ler mais 

No último mês engoli dois livros (Extraordinário e Não Sou Uma Dessas), coisa que é muito difícil acontecer comigo porque tenho probleminhas para me concentrar. Mas ler esses dois livros me fez tão bem (inclusive, recomendo muito os dois), que quero manter o hábito em 2015. Um por mês, pelo menos.

E vocês, pularam as ondas? Comeram as lentilhas? Tão animados pra 2015? Eu tô SUPER!

Beijos

Pra Que Lado… tem programinha: Praia de Grumari

Oi gente,

Primeiramente, FELIZ ANO NOVO!! uhuul!!

Em 2015 pretendo dar uma atenção especial pra esse espaço aqui. Tenho algumas ideias, só falta colocar em prática 😉

Continuando o especial recesso, preciso dizer que a ideia de uma praia por dia foi ótima, mas me derrubou hahaha fiquei gripada e com a criatividade limitada.

Antes da derrubada geral, fui pra Grumari, uma praia aqui do Rio linda, com pouca gente e longe, muito longe. Eu moro na zona sul e, pra chegar lá, passo pela Zona Sul toda, Barra, Recreio, Prainha e aí sim, chego lá. Tudo isso leva por volta de uma hora, mas vale muito a pena.

As praias da Zona Sul e da Barra são ótimas também, mas as vezes cansam um pouco. Ipanema tem o metro quadrado de areia mais concorrido do mundo e, ainda por cima, tem rolado uma moda chata de arrastões por lá, então por isso, prefiro me aventurar por novas águas.

Grumari fica um pouco depois da Prainha, que é outra praia MARAVILHOSA! O único problema de lá é que é praticamente impossível chegar sem carro e os lugares para estacionar são pouquíssimos. Tem que se programar e chegar super cedo (entre 8:00 e 9:00) mesmo. Grumari é bem mais extensa e, por isso, mais fácil de estacionar.

Como faz parte de uma reserva, não tem nenhuma casa ou prédio. Só uma enorme vegetação de restinga. É lindo!

Processed with Rookie

Quando for pra lá, procure o quiosque do Alemão (tem uma bandeira da Alemanha enorme fincada no quiosque). Lá alugamos duas cadeiras e uma barraca de palha por R$20,00. Eles também tem a jarra de Sangria mais barata do Rio de Janeiro! hahaha R$30,00 mais bem gastos dos últimos tempos, juro!

Processed with Rookie Processed with Rookie Processed with Rookie Processed with Rookie

E na volta de lá, a vista continua linda.

Processed with VSCOcam with t1 preset Processed with VSCOcam with t1 preset Processed with VSCOcam with t1 preset

Nessa descida todos os carros freiam pra admirar a vista, eu não seria diferente, né? A Prainha é a que aparece na primeira foto.

Eu moro no Rio há 27 anos e tem dias que eu ainda fico chocada com a beleza dessa cidade. E também com a quantidade de lugares que ainda tenho que descobrir por aqui. Sou totalmente apaixonada mesmo ❤

E vocês? Conhecem algum cantinho pouco explorado pela cidade?

Beijos